Você sabia?


Olá pessoal, aqui estou mais uma vez, trazendo um texto para ajudar a você meu amigo(a) a entrar neste fantástico mundo que é a língua inglesa. Este texto é uma tradução de uma publicação realizada por Rodivaldo Marcelo Raimundo.
  • Entre 80% e 90% dos estudantes fazendo cursos convencionais não podem falar ou ler na língua que está estudando.
  • Aproximadamente 80% das pessoas fluentes em uma língua estrangeira não aprenderam nas escolas. Provavelmente, alguns professores que você conhece são auto-didatas.
  • Quando você vai escolher uma escola de línguas que você deve começar a estudar até ao final do curso. Isto é, você pode assistir a algumas aulas da última etapa para verificar se os outros alunos estão se sentindo confortável e falando naturalmente. Caso contrário, você só fará parte das estatísticas.
  • Um bom falantes de línguas de uma língua estrangeiras sabe aproximadamente 4.000 palavras, mas o grupo de palavras é usado diariamente fica entre 700 e 800. O grande desafio de ser fluente em uma língua estrangeira é muito simples e mensuráveis, que você pode supor que qualquer teste ou exame poderia avaliar.
  • De acordo com os métodos mais modernos para o ensino de adultos, uma pessoa não precisa fazer um teste de avaliação. O melhor aluno usa a linguagem dia-a-dia. Há uma grande quantidade de alunos que podem obter excelentes classificações após testes de exame, mas não conseguem articular uma frase simples.
  • As 250 palavras mais comuns em Inglês aparecem em 60% de qualquer texto escrito.
  • Você pode aprender o idioma Inglês sem estar estar preocupado com a gramática. As crianças não aprendem sobre a gramática antes de poderem falar fluentemente. Relacionados à aprendizagem natural, a palavra de significado e gramática são o último estágio em todo o ensino de línguas.
  • Existem muitas das pessoas que são perfeitamente capazes de falar em Inglês para si ou para professores de língua, mas não podem falar com os outros. A capacidade de falar uma língua (falar ritimado) depende de ensiar o seu corpo para o ritmo da linguagem. Enquanto seu corpo não se adaptada ao novo ritmo respiratório, você não será capaz de adquirir fluência no idioma, e você vai acreditar que seu cérebro está bloqueado.
  • Aprenda a pensar em Inglês não é só um processo mental: é uma habilidade que depende da respiração, habilidade motora, oxigenação do cérebro e velocidade do pensamento. Por exemplo na frase: The book is on the table: você tem 19 letras e 6 sílabas (em Português – O livro está sobre a mesa: – a mesma frase tem 20 letras e 10 sílabas). Considerando-se a respiração, a versão em Português é maior do que o Inglês. Se você juntar o pensamento e a linguagem, é necessário pensar mais rápido em Inglês do que em Português porque você usa menos tempo para falar em Inglês. Por causa da velocidade falada é difícil desenvolver o pensamento em Inglês. Assim, será necessário alterar os condicionamentos antigos e acelerar a maneira que você pensa.
  • Sem esforço ou stress, é necessário apenas 4 ou 6 meses estudando para leitura e compreensão de qualquer texto em Inglês.

Um comentário sobre “Você sabia?

  1. Pingback: Você consegue, tente pensar em Inglês « Waldir Borba Jr

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s